Ed. Praia Trade Center / Vitória - ES
Salas 501 e 502 - Santa Lúcia
27 3345-7011
administrativo@acr-es.com.br

Governo divulga ações do Planejamento Estratégico

Um total de sete mil empregos e a continuidade do atendimento à população com serviços essenciais, especialmente nas áreas de Saúde, Educação, Segurança e Assistência Social, estão previstos no Planejamento Estratégico do Governo do Espírito Santo para os próximos 12 meses. Diversas obras e serviços foram debatidos e definidos durante o Seminário de Planejamento Estratégico realizado nos últimos dias 29 e 30 de abril. O Estado, reconhecido nacionalmente por manter suas contas equilibradas, segue determinado a só contratar o que pode pagar. As diretrizes e prioridades do Governo foram intensamente debatidas e alinhadas com a atual conjuntura econômica – que tem causado redução de receitas -, durante o Seminário de Planejamento Estratégico coordenado pela Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP) e do qual participaram aproximadamente 130 gestores da administração estadual, entre secretários, subsecretários e dirigentes de órgãos. A execução de projetos previstos no Planejamento Estratégico vai representar criação e manutenção de um total de sete mil empregos. Entre esses projetos, podem ser citados o reinício da obra da Rodovia José Sette, em Cariacica, e a execução da duplicação da Rodovia ES 482, no trecho Cachoeiro – Coutinho, com ofertas de 150 e 230 empregos, respectivamente.

 

OBRAS – Entre as muitas ações para o desenvolvimento do Estado fazem parte o início das obras do Aeroporto Regional de Linhares e do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra, a conclusão da obra da Rodovia Leste-Oeste, entre Cariacica e Vila Velha, conclusão da 1ª etapa e licitação da 2ª etapa da Avenida Leitão da Silva, em Vitória, e licitação da obra do Portal do Príncipe, também na Capital. Para enfrentamento da crise hídrica que atinge o Estado, o Planejamento Estratégico prevê, entre outras ações, a realização de estudos e projeto executivo da Barragem do Rio Jucu, a licitação para construção de cinco barragens de usos múltiplos no interior, e as conclusões do Sistema de Produção de Distribuição de Água do Rio Reis Magos, na Serra, da Barragem de Pinheiros e de 26 barragens em assentamentos rurais. Na área de Educação, estão previstas mais 10 unidades da Escola Viva – além das cinco já em funcionamento -, e a construção e ampliação de 14 unidades de ensino, além de um investimento de R$ 15 milhões na manutenção e reforma de 120 escolas estaduais.

aeroporto linhares1_Thiago Guimarães (5)_JPG

HOSPITAL – Na Saúde, duas das grandes ações são a licitação e o início das obras de construção do Hospital Geral de Cariacica, com 400 leitos, a abertura de 40 leitos no Hospital Estadual de Vila Velha (antigo Hospital dos Ferroviários) e o início das obras dos blocos IV e V do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, onde estão previstos 43 novos leitos e um pronto-socorro. Ainda na área da Saúde, em Nova Venécia, será concluído o Centro de Consulta e Exames Especializados, medida importante para a descentralização do atendimento à população do Estado. Em relação à Segurança e Justiça, no Planejamento Estratégico estão previstos aquisição de terreno para nova obra da Sede do 1º Batalhão da PM, em Vitoria, abertura de 120 novas vagas com a reforma da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Cachoeiro de Itapemirim, licitação do Centro de Detenção Provisória de Linhares, com 604 novas vagas, e a ampliação das Audiências de Custódia para a Região Norte do Estado. Também estão previstos no Planejamento Estratégico do Governo o fortalecimento das políticas de trabalho, a reorganização do Sistema da Assistência Social e a implantação, nos próximos 12 meses, em 25 bairros, das ações do Projeto Ocupação Social, garantindo atendimento a quatro mil jovens. O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Regis Mattos Teixeira, destacou as orientações estratégicas do Governo, diante do cená- rio atual, com queda de receita: esforço para manter pagamentos de servidores em dia, foco na continuidade de serviços essenciais, especialmente os da Saúde, Educação, Segurança e Assistência Social, e gerenciamento intensivo de investimentos, com manutenção e geração de empregos.

O diretor- geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER – ES), Halpher Luiggi, ao falar sobre ações relacionadas às áreas de Desenvolvimento Urbano e Regional e de Infraestrutura Logística do Estado, ressaltou o fato de muitas serem projetos estruturantes, que mudarão a vida das pessoas onde elas forem implementadas.

 

Fonte: Governo do Estado do ES

Deixe seu comentário